Tao Te King o4

O TAO está vazio, mas é inesgotável. Oh! que abismo!

Ele aparece como o antepassado/a raiz  dos dez mil seres.

Ele enfraqueça a sua nitidez/Agudez, desenrola os  seus véus/ desata os seus nós, harmoniza-se ao seu esplendor/a luz , se junta a seu pó.

Oh! Como ele é puro!

Parece existir por toda a eternidade. Eu não sei de quem poderia ser o filho; Parece que ele é  anterior  ao Soberano do Céu.

Voltar Tao Te King

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *